COM AÇÚCAR E COM AFETO | Brigadeiro

Difícil conhecer uma pessoa que não goste de brigadeiro. Até quem não é muito chegado em doces pode admitir que, vez ou outra, arrisca uma colherada. Eu sou vítima confessa dessa baixaria, e faço toda semana.

Costumo dizer que o segredo de manter uma alimentação equilibrada é não ter tentações na dispensa de casa. E a minha é super saudável, juro. Mas sou filha de Deus e também tenho meus pecados. Por isso estipulei que Leite Condensado nunca pode faltar. Me viro com leite ninho, manteiga de amendoim, paçoca e até suco de maracujá – porque além do tradicional, amo testar variações do meu doce preferido. 

No video, eu e minha madrinha, Denise, ensinamos a corriqueira receita de brigadeiro de chocolate, mas contamos alguns segredos que deixam ele lisinho, brilhante e perfeito. Vale clicar e já começar o final de semana agradando o paladar:

Casual “Vintage”

Segunda postei uma foto no instagram (@carolrache), e algumas de vocês me pediram os créditos do look. Antes tarde do que nunca, aqui estão. 

Esse vestido é bem antigo (comprei quando estava no início da gravidez), mas eu amo tanto, e acho tão atemporal, que continua sendo uma das peças mais queridas do meu closet.

Vestido: NK | Pulseira: Doux | Rasteira: A Sapatilha 

Detoxificação

Novidade nenhuma que sou um pouco viciada em Detox, né? Faço várias vezes ao ano, e cada vez o programa me impulsiona mais a manter uma alimentação saudável e orgânica no dia a dia. Parece que, aos poucos, o corpo vai se acostumando com essa alimentação livre de conservantes, glúten, lactose, açúcar e industrializados, e a gente acaba por levar muitos conceitos do detox para o cardápio do dia-a-dia. 

Ultimamente estou adepta ao Capim Santo, que oferece um programa de cinco dias, com alimentos frescos – esqueça aquela história de detox congelado! – que chegam todo dia organizadinhos na sua casa. É claro que as quantidades são restritas, mas tudo é super bem pensado para prover ao organismo exatamente o que ele precisa. As comidas são deliciosas (juro!) e tem um detalhe que, para mim, viciada em doces, conta muito: tem sobremesa funcional to-dos os dias.

Recomendo não só para quem está querendo perder uns quilinhos, mas também para as pessoas cuja intenção é de conhecer os benefícios que se estendem além da estética: detox faz bem para pele, sono e até para a mente. 

 

Quem quiser encomendar é só entrar em contato com as meninas do Capim Santo pelo contato@capimsantodetox.com ou (31) 9647-2861. 

Na Cabeceira

 

Como prometido, vou listar os livros que passaram pela minha cabeceira nesse início de ano. Terminei o quinto no Domingo, e já comecei mais um. Tão feliz de estar conseguindo cumprir essa resolução que fiz pra 2015. Pode parecer piegas, mas faz um bem danado para a desviar um pouco as atenções em prol de uma prática que tanto nos acrescenta. 

Sou zero preconceituosa, e já gostei de leituras completamente distintas – de Martha Medeiros a ensinamentos Budistas. Tenho um pouco de preguiça de gastar meu tempo lendo histórias muito bobinhas, mas, vez ou outra, encaro, para dar leveza ao espírito. Esse ano, a minha primeira empreitada literária foi de Pema Chodron, uma monja budista cheia de consciência e reflexões confortantes. Gostei tanto, que encarei mais uma publicação dela. Abaixo, seguindo a mesma ordem que lí, contei um pouquinho de cada um dos livros que permearam meus fins de tarde de Janeiro e Fevereiro: 

 

Quando Tudo Se Desfaz (Pema Chodron)

Pelo nome, parece auto ajuda, eu sei. E, de fato, pode até servir como tal. Mas acho limitado demais agrupar princípios budistas a tantas teorias clichês encontradas nas prateleiras desse gênero. Para mim, foram ensinamentos tão preciosos, que quase não salvou uma página sem ser grifada. Virou meu livro de cabeceira, uma espécie de manual de sobrevivência, para reler sempre que a vida apertar um pouquinho, porque ensina a usar nossas emoções mais dolorosas para cultivar coragem e sabedoria. A leitura é perfeita para quem procura iluminação espiritual, mas passa longe de ser um manual de dogmas religiosos. Recomendo! 

Compre aqui

 

Paixão Crônica (Martha Medeiros)

Sou suspeita para falar, porque já conhecia quase metade das crônicas que compõem o livro. Sou fã assumida de Martha Medeiros, e adorei ler e reler a visão realista e leve que ela tem sobre relacionamentos. Me peguei rindo sozinha, e identificando várias histórias minhas nas palavras dela. Recomendo para quem está procurando uma leitura divertida, leve e despretensiosa. 

Compre aqui

 

Adultério (Paulo Coelho)

Eu sei que muita gente vai torcer o nariz, porque Paulo Coelho é um escritor controverso – uns amam, outros detestam. Eu confesso ter AMADO o clássico “O Alquimista”, e isso me fez ter respeito por ele. Então deixo os preconceitos de lado quando me deparo com alguma de suas obras, e encaro. Esse foi uma compra rápida, no balcão do aeroporto, quando fui comprar um chicletes, quase a tempo de perder o vôo. Li em dois dias, porque é o tipo de leitura que flui e a gente fica querendo saber o que vai acontecer no próximo capítulo. Mas é só mais uma das histórias do Mago. Para quem curte, vale. Para os que odeiam, melhor desencanar: não é esse o livro que vai fazer você mudar seu conceito sobre o escritor. 

Compre aqui

 

A Beleza da Vida (Pema Chodron)

Segue a mesma linha do “Quando Tudo se Desfaz”. Acho que os dois livros se complementam, e ajudam a formar conceitos mais inteligente e sábios, sobre as nossas emoções. Ando num momento de buscar iluminação e paz por meio da Yoga e Meditação, e esses livros caíram como luva para me ajudar nessas práticas. Aos que têm vontade de desbravar esse caminho, vale a dose dupla de Pema Chodron. 

Compre aqui

 

Mentes Consumistas (Ana Beatriz Barbosa Silva)

Já falei dele no instagram, mas vou repetir por aqui, para quem não acompanhou lá: Trata-se de um livro que descreve os processos cerebrais de compra, e as inúmeras maneiras que as estratégias de marketing têm para nos persuadir. Além de alertar sobre a ineficiência do consumo no alcance da felicidade, e propor uma reflexão sobre a inversão de valores da sociedade atual. Achei muito bom, e acho que todas as pessoas deveriam ler. Nossa cultura prega status e bens como indicadores de felicidade, quando, no fundo, temos cada vez mais pessoas deprimidas, frustradas e vazias. 

Compre aqui

Ask Me #2

Eita povo curioso! Rs Nunca achei que essa tag fosse render tantos comentários e perguntas. Mas, já que vocês gostaram, segue mais um video. Confesso que morro de vergonha de gravar e de responder certas coisas… Mas to achando divertido saber quais são as curiosidades que vocês têm. Para quem quiser participar, no lado esquerdo do Blog tem uma caixinha “Ask Me” – é só clicar e enviar a pergunta!

5 curiosidades | Óscar 2015

Ontem foi dia de Oscar, a premiação mais esperada da temporada. Não só pelos vencedores de cada categoria, mas sim, e acredito que principalmente, pelos modelitos das atrizes, as gafes cometidas, os discursos exarcebados e todas as outras curiosidades que sempre acontecem nessa noite. Como a internet e o instagram já foram invadidos com fotos de todos os piores e melhores looks, trouxe para vocês 5  fatos diversos que talvez tenham passado despercebidos e que valem relembrar.

1) Vestido repetido?

Quando encontramos em uma festa alguem com o mesmo vestido que o nosso já é um pesadelo, agora imagine isso acontecer em pleno Oscar? A verdade é que Jennifer Lopez e Luciana Pedraza – a.k.a esposa do ator Robert Duvall – não estavam iguais, mas os vestidos Elie Saab Haute Couture de J.Lo e o Jad Ghandor eram praticamente idênticos. Mas, no mais, as duas estavam lindas e não pareceram se importar muito com a coincidência fashion.

 

2) Pérola da noite

Ganhadora do prêmio de melhor atriz na ultima edição do Óscar, Lupita Nyong'o apareceu no red carpet com um vestido branco da grife Calvin Klein (do estilista brasileiro Francisco Costa) bordado com nada menos do que 6.000 pérolas! Se este ano a atriz não estava concorrendo a nenhum prêmio, certamente ela estará na lista das mais bem vestidas da noite. E quando questionada se a peça não era muito pesada ou desajeitada, ela disse apenas: "Na verdade é bem confortável". Ok então!

 

3) Cinquenta tons de vermelho

Muito mais bonita e sexy do que em todo o filme Cinquenta tons de cinza , a atriz Dakota Johnson surgiu bela, nesse vestido Saint Laurent. No entanto, o que atraiu olhares atenção foram as jóias que a moça ostentava. Com o valor estimado de 2.2 milhões de dólares, ela carregou mais de 100 brilhantes espalhados em pulseiras, brincos e no anel. Bling Bling!

 

4) De volta às origens

Lady Gaga voltou a ser Lady Gaga! A cantora, que a algum tempo aparecia bem "normal" nos eventos, chamou atenção ao chegar ao Oscar com luvas que só serveriam mesmo para lavar as louças em casa. A moça justificou a escolha dizendo que o acessório foi para esconder o enorme anel de noivado que ela ganhou recentemente do noivo, Taylor Kinney. Me pergunto se não poderia ter escolhido uma peça mais, digamos, adequada.

 

5) Empolguei

A vencedora do prêmio de melhor atriz coadjuvante do ano foi Patricia Arquette, pelo seu papel em Boyhood. A atriz fez um belo discurso sobre os direitos femininos e levou grande parte da platéia ao delirio. E o mais surpreendente foi a reação de Meryl Streep. Uma das maiores ganhadoras do Óscar e também concorrente à categoria, se empolgou e aplaudiu muito a colega. O assunto rapidamente se tornou um dos mais comentados da internet. Em resumo o discurso disse: "Para cada mulher que deu à luz a todos os contribuintes e todos os cidadãos desta nação, que lutaram pela igualdade de direitos de todo mundo. É a nossa vez de ter igualdade salarial de uma vez por todas e igualdade de direitos para as mulheres nos Estados Unidos da América."

Mulheres Reais

Outro dia rolou uma polêmica no Instagram, sobre um par de celulites encontrado em uma blogueira.

De um lado, leitoras indignadas que se sentiram enganadas pelo uso do photoshop. De outro, um alvo de críticas crúeis, prontas para fazer de qualquer defeito uma catástrofe.

Fico pensando se a culpa, nesse tipo de polêmica, é da caça ou do caçador. E entro num dilema quase tão complicado quanto apurar se quem nasceu primeiro foi o ovo ou a galinha. Isso, porque não consigo desvendar se a busca pela perfeição vem da cobrança externa, de que sejam impecáveis, ou se o caminho é inverso: buscam ser perfeitas e, por venderem essa imagem, acabam crucificadas quando as disformidades  são descobertas.

No caso da Pugliesi, por exemplo: duvido muito ela esteja insatisfeita com aquele corpo de fazer inveja até em angel de Victoria Secret. Mas, foram tantas críticas à bunda, que a cobrança acabou por acarretar um ajuste de photoshop totalmente desnecessário. 

O curioso é que, o que impulsionou esse movimento de blogs, foi justamente o fato de serem meninas comuns, apresentando formas normais de vestir produtos antes só desfilados nas passarelas, por top models. Então, por que esperar agora que tenham um padrão de beleza inatingível? Se for para não ter espinha, celulite e nem uma gordurinha localizada, melhor manter a referência com Gisele, Ambrósio e cia. Essas sim, apresentam um modelo estético impossível de ser criticado. (E, mesmo assim, contam com ajustes – ou alguém acha que não existe photoshop nas capas de Vogue?)

Não é que eu esteja defendendo o uso desses recursos. Pelo contrário. Só acho ponderado considerar que o uso deles pode ser consequência de uma cobrança exagerada de perfeição. Ficaria mais fácil, para ambos os lados, se as imperfeições das “musas” fossem vistas como normalidades. Por elas, principalmente. Assim o facetune se faria desnecessário, e as críticas hipócritas, vindas de pessoas que também têm bunda pequena, espinha e pé de galinha, não teriam razão de existir. Já viram alguém procurando celulite nas modelos da Dove?

Sou totalmente a favor de nos cuidarmos, e sou prova viva de como somos capazes de perceber em nós defeitos que nem os olhares mais clínicos enxergam. Também me cobro, também olho do espelho e tenho ódio das minhas olheiras, das espinhas que insistem em aparecer de vez em quando, da franja que precisa ser secada toda hora para ficar com caimento bonito, da gordura localizada que não desaloja nem com detox… Mas imaginem se amanhã eu acordasse querendo ser a Candice Swanepoel, ou desejando as pernas da Ana Hickman? Só nascendo de novo! No máximo, dá para cuidar das olheiras, arrumar um remedinho para a pele e dar um up no busto (sim, eu tenho silicone). E,  mesmo assim, ainda sobra uma lista de coisas que vão ter que ficar para a próxima vida.

Esse vídeo me inspirou a tentar fazer as pazes com as coisas que eu não gosto em mim, ao invés de ficar no espelho do elevador imaginando como seria meu rosto se eu tivesse olhos azúis puxados. É surpreendente, e mostra bem o retrato destorcido que fazemos de nós mesmas. Vale o clique, e a reflexão:

A diferença entre o retrato falado de uma das participantes. O desenho da esquerda é o que ela se descreveu e o da direita quando foi descrita por uma desconhecida:

Cozinha Verde | Sorvete de banana com cacau

Chegou mais uma quinta-feira, dia do nosso programa em parceria com a Chef Fit Funcional Pamela Sarkis, o Cozinha Verde. A receita de hoje é ideal para quem abusou no carnaval, e quer terminar a semana comendo mais light, mas ainda no clima do feriado. A Pamela ensinou a fazer esse sorvete de banana com cacau, que além de ser delicioso e perfeito para refrescar nos dias de calor, ainda é cheio de nutrientes e serve inclusive como pré-treino.

 

Ingredientes

  • 4 bananas caturras congeladas

  • 200ml de leite de amêndoas

  • 1 colher de sopa cheia de essência de baunilha

  • 4 colheres de sopa de agave

  • 4 colheres de sopa de farinha de amendoim

  • 2 colheres de sopa de cacau em pó

  • 3 colheres de sopa de proteína de arroz

Modo de Preparo

Bater as bananas congeladas com todos os ingredientes liquídos ( leite de amêndoas, essência de baunilha e agave ) até atingir uma textura cremosa. Depois adicionar os outros ingredientes e bater novamente. Levar ao freezer por no mínimo 5 horas.