Best Hotel Openings | 2015

Carnaval chegando, a maioria das pessoas já estão com viagem marcada e destino definido, não é mesmo? Mas resolvi aproveitar o clima de feriado e trazer para vocês os 5 melhores hotéis que foram inaugurados em 2015. Me apaixonei por alguns deles, e com certeza foram para a minha listinha de lugares para conhecer no futuro! Qual será o destino preferido de vocês?

Amilla Fushi , Maldivas

Baa Atoll, lhas Maldivas

As Ilhas Maldivas já são um destino bastante cobiçado pelos viajantes, e esse hotel recém inaugurado é mais um motivo para agendar o vôo. Experimente se hospedar nas super exclusivas residências sobre os recifes, casas na árvore no estilo "007", além da maravilhosa comida mediterrânea do Chef Luke Mangan. Os melhores meses para a prática de mergulho são entre Maio e Novembro, no entando qualquer época do ano é ideal para aproveitar do Spa Javvu, um dos principais atrativos do local.

 

JW Marriott Venice Resort & Spa

Veneza, Itália

Um luxuoso refúgio longe da agitação de Veneza. Assim podemos definir o novo santúario do JW Marriot, na ilha privada Isla delle Rose, apenas 15 minutos de distância do centro da cidade. São 15 hectares que contêm um grandioso jardim de rosas, platações de Oliveiras e jardins de tirar o fôlego. O spa está para ser reconhecido como o maior de veneza, e a vista da piscina no roof-top do hotel dispensa descrições:

 

The Gainsborough Bath Spa

Bath, Reino Unido

Finalmente chegou a hora de desfrutar desse hotel de 99 quartos e spa, que foi primeiramente anunciado em 2004. Distribuído em três edifícios, com decoração assinada pela guru Alexandra Champalimaud, o Gainsborough Spa usufrui de tudo que um hotel de luxo precisa. Mas é a sua Village Spa que chama a atenção, equipada com câmara de gelo, sala de vapor de eucalipto, além das piscinas naturais de aguas termais.

 

La Reserve

Paris, França

O Magnata francês Michel Reybier adquiriu o imóveil de número 42 na Avenue Gabriel para situar o mais novo hotel da famosa rede La Reserve. Com um ambiente que mais se parece com um clube de sócios, esse empreendimento conta com biblioteca, piscina, spa e bar especializado. Os interiores são bem ao estilo francês: tudo em veludo carmesin, e com Madeleines delicadas sobre a mesa de chá.

 

Six Senses Douro Valley

Samodães, Portugal

Perto da pequena cidade de Régua sobre o rio Douro, esta mansão-que-virou-hotel do século 19 está desfrutando de uma reforma de luxo padrão  Six Senses. O cenário rústico dos vinhedos íngremes do vale do Douro não precisava de melhoria, mas agora você pode desfrutar de quadras de tênis nos jardins, degustação de vinhos na biblioteca e pop-up jantar na floresta. O novo spa é de classe mundial, com um pavilhão de ioga e bar de  alquimia para desenvolver fórmulas faciais personalizadas.

Caso desejem mais informações, basta clicar no nome do hotel que você será redirecionado para o site de cada um deles.

Insider Tips: Caraíva

Caraíva é uma Vila de Pescadores, pequena, charmosa e muito acolhedora. Destino perfeito para quem busca descansar o corpo e a mente, mas é bem famosa também pelas noitadas animadas de samba e forró. O acesso é difícil, e o lugar é bem "ilhado". Celular não pega, carro não entra e tecnologia é algo muito distante da realidade local. Mas é justamente isso que confere  a sensação deliciosa de paz e liberdade desse lugar mágico.

 

Dessa vez me hospedei na Casa da Natacha, uma pousada nova, com apenas cinco quartos, mas super bem cuidada (é a própria dona que nos recebe) e com arquitetura hiper charmosa. Ela é pequena, mas dá aquele aconchego de casa. O café da manhã é delicioso. Acho que pecam um pouco em detalhes como a limpeza dos banheiros e o chuveiro que não funcionava muito bem. Fora isso, a estadia foi bem prazerosa.

Vila do Mar

 

A vila do mar é famosa por ser a única que tem piscina. Já fiquei lá, mas achei um pouco descuidada. Fui fora de temporada, e o serviço e a limpeza deixaram a desejar. Mas a estrutura é boa. Talvez tenha sido a época, ou pode ser que eu não tenha dado sorte. Lá tem um quarto perto da piscina, bem gostoso. Os demais são mais básicos, e menos charmosos.

Conversando com um casal de amigos que mora há 12 anos em Caraíva, recebi indicações das seguintes pousadas:

Pousada Casa da Praia

Fica na beira da praia, é muito boa e os quartos são ótimos! Uma das mais famosas da região. Soube que vão construir uma piscina linda lá, então suspeito que em breve vai ser a opção de hospedagem mais completa.

Pousada San Antônio

Uma pousada mais rústica, charmosa e que tem um chalé perto da praia delicioso. Dizem que o serviço é mais "frio ", mas que vale a hospedagem nesse chalé a beira mar!

Cores do Mar

Tem um acolhimento muito bom, estrutura boa, quartos bem montados, mas são mais quadrados, menos charmosos.

Além dessas, tem uma hospedagem top, que é dentro da casa desse casal, que além de ser a melhor casa de Caraíva, tem dois bângalos anexos, deliciosos, que eles alugam. Ainda não dei sorte de vir e eles estarem desocupados, mas conheço o lugar e tenho muita vontade de ficar lá.

Esse é o melhor restaurante de Caraíva. Só abre para jantar, e não fica na margem do rio como os outros, mas vale conhecer porque o lugar é muito charmoso e a comida é dos deuses. Recentemente, os chalés de hospedagem de lá foram reformados. Visitei, e achei todos deliciosos!

Bar do Pará

Bar da Praia

Como o nome diz, fica na beira da praia, com um cardápio bem variado. Tem frozen, drinks, caipis, petiscos leves, friturinhas gostosas, moquecas e outras opções de frutos do mar, frango ou carne – inclusive uma picanha com a cara ótima, para os carnívoros-. Não vá embora sem provar a coca morna. Comi duas, e prometo, vale cada caloria!

Cachaçaria

Uma ótima opção para jantar, com massas e sanduíches deliciosos. O frozen de Busca Vida servido pela casa é famoso, mas só servido no verão. Na falta dele, aproveite para degustar o Netuno, uma bebida típica da região.

Duca

A Duca serve, há anos, o melhor café da manhã da vila. Geléias caseiras, pães integrais, sucos e várias delícias orgânicas. E é ali também que se encontra a famosa “Nega Maluca”, uma receita secreta que combina brigadeiro, mousse de chocolate e banana. Mas, aos amantes de doce, sugiro agilidade: o estoque costuma esgotar antes do fim da tarde!

Bar do porto, sem dúvidas. Pizzaria deliciosa, na beira do rio, que no verão tem música ao vivo. Lugar perfeito para beliscar e tomas drinks pré-forró! À noite, acho o melhor programa de jantar.

 

Contato Fabio Carroceiro : (73) 9911-2833

Se você descer no aeroporto de Porto Seguro, sugiro pegar um táxi. Eu sempre vou com o Uerle, que tem uma direção prudente, e é super gente boa. São mais ou menos 2 horas de estrada, e por isso eu gosto de fazer um "pit stop" em Trancoso, respirar, tomar um açaí, ou almoçar… E aí sigo viagem. Acho que assim fica menos cansativo. Mas, não indico pegar essa estrada depois de comer muito, ou beber – é fácil enjoar mesmo sem cometer esses abusos. Por isso, melhor não exagerar nos drinks.

Chegando lá, atravessa-se de Canoa, e, do outro lado, do Rio está a vila.

Contato Uerle : (73) 9907-0153

Caraíva é roots. Não dá para inventar muita moda, e levar suas rasteirinhas lindas para passear por lá. Havaianas no pé, e look despretensioso, se não quiser se sentir um E.T.

Secador de cabelo é artigo de luxo, e as pousadas mal mal têm transformador. Eu me desdobrei para conseguir alugar um. O esquema é cabelos ao vento, a la Elba mesmo, e sem muita nóia, porque essa é a essência do lugar.

Para quem não vive sem secar a franja ( sou dessas) a dica é uma progressiva nessa parte do cabelo, para poder curtir sem se preocupar com secadores e afins. Eu não fiz, mas acho que para quem vem ficar mais tempo, vale a pena!

Levem alicate e cortador de unhas, porque as unhas dos pés inevitavelmente vão ficar "sujinhas", depois de alguns dias de caminhada pelas ruas de Caraíva.

No Bar de Vinhos (ao lado do bar do porto) ou no Bar do Pará. Os dois lugares são perfeitos para assistir o sol se pôr. O bar de vinhos também funciona à noite.

Escondida entre os povoados de Trancoso e Caraíva, a praia do Espelho é considerada uma das mais encantadoras do Sul da Bahia. Perfeita por natureza e bucólica por vocação, reúne águas azuis que formam piscinas naturais, gigantescas falésias brancas e avermelhadas, riozinhos e coqueirais.

Juntam-se a esta pedaço do paraíso o charme rústico das pousadas e o estilo único das barracas de praia que espalham pela areia, com muito capricho, esteiras de palha e espreguiçadeiras cobertas com almofadões coloridos.

Na verdade, o povoado se chama Curuípe mas, para evitar confusões, atende por ambas as denominações. O glamour, que veio junto com o novo nome, encheu de fama a pacata vila de pescadores.

Espelho não é só praia – a vida continua falésia acima. No topo do morro fica a Vila do Outeiro, dentro do condomínio Outeiro das Brisas. Emoldurado por casinhas coloridas que abrigam pousadas, restaurantes e ateliês, o centrinho é o mirante natural para os quilômetros de mar azul.

Saindo de Caraíva, são 15 km até a guarita. Você pode também ir a pé. São 3 horas de uma linda caminhada. Quando fui, fizemos o trajeto de lancha (15 min para ir, e mais 15 para voltar) e passamos uma tarde super agradável.

Por lá, a melhor opção de programa é sentar no Baiano para relaxar, apreciar petiscos e ver um pouquinho de movimento (se quiser evitar o enxame de excursões, prefira ir na baixa temporada) e depois almoçar na Silvinha, que tem um pequeno restaurante maravilhoso e super agradável numa região mais deserta, que fica entre o mangue a praia.

O cardápio fixo não existe, a comida é preparada pela própria Silvinha, que escolhe o menu de acordo com o que o mar trouxe de melhor para o dia.

Como é a própria Silvinha que coorderna a cozinha e o atendimento é preciso ligar antes para reservar, pelo celular (73) 9985-4157.

Há barcos que fazem o traslado marítimo para Corumbau. Para os mais aventureiros, outra opção é ir de buggy. O passeio passa por dentro da reserva indíngena e segue pela areia da praia até chegar no Rio Corumbau. São 30 minutos de trajeto. Lá, você deixa o buggy para trás e atravessa de canoa até a Barra do Corumbau, onde fica o Bar Uaça (uma delícia de lugar, com esteiras na grama, coqueiros e o atendimento mais amigo do mundo).

Graças ao acesso complicado, os 15 quilômetros de praias de areias brancas, mar em tons esverdeados e emolduradas por coqueiros e amendoeiras estão completamente preservados.

Uma das atividades mais bacanas na região é mergulhar no recife de Itacolomi. Os barcos partem da praia da vila e levam cerca de meio hora até chegar ao local, repleto de piscinas naturais habitadas por peixes coloridos e tartarugas.

Também as belas formações de corais chamam a atenção de quem encara a máscara e o snorkel. O percurso pode ser feito de lancha, escuna ou trainera. O horário de saída dos passeios varia com a maré.

Só sabe apreciar Corumbau quem sabe ficar sozinho, no silêncio, contemplando o ócio e a natureza. É o lugar ideal para quem realmente quer sossego, tranquilidade, para quem quer sair da vida agitada e barulhenta da cidade grande, ou mesmo das nossas praias lotadas durante o verão. A praia em Corumbau não tem barracas, quiosques ou música alta. Durante 99% do tempo, ao longo do ano, a praia é praticamente deserta.

A grande aventura do seu dia? Caminhar até a ponta da praia. As compras das férias? Só se for no “pataxóping” (há uma reserva indígena ali por perto e você certamente vai encontrar uns índios perambulando, vendendo colares, brincos e artesanatos em geral). Agito? Nem no sábado à noite no centrinho da cidade você vai ver… Mas eu te garanto: é uma delícia!! Leve uns livros, uma canga para esticar na areia, capriche na caipirinha, e pronto. Isso é tudo que você vai precisar!

Dois dias na Ponta do Corumbau equivalem a 15 de descanso. Os índios pataxós já sabiam disso quando nomearam a praia. Corumbau significa: "longe das preocupações". Em vez do som de buzinas, ônibus e sirenes, prevalece a sinfonia do vento agitando o coqueiral. Axé, talvez, você ouça na única barraca de praia, que fica lá na ponta da faixa de areia de 15 quilômetros. O resto é tudo mar, areia e coqueiros.

Caso decida estender sua estadia por lá, sugiro que se hospede no Fazenda São Francisco do Corumbau que foi eleito o melhor hotel de praia na América do Sul. Uma bela fazenda em meio aos coqueirais, com mais de 1,5 km de praia, com suítes e bangalôs à beira-mar e um atendimento incrível.

Airport Style

Viajar estilosa e confortável. Duas coisas que parecem opostas, mas só requerem um pouco de inspiração para se tornarem complementares.

Escolhi para vocês essa semana dois looks " airport style " usando peças simples, mas que quando usadas juntas dão origem a uma combinação elegante, chique e despretensiosa. Sem abrir mão do conforto, claro.

Blazer Animale | Camiseta Andrea Bogosian | Jeans Top Shop | Alpargata A Sapatilha

Camiseta Apoena | Trench Coat Capitollium | Jeans J Brand | Oculos Dior

 

Insider Tips: Maraú

Antes de viajar sempre pesquiso referências na internet, em guias de viagem e até em filmes, mas nada é melhor do que quando conversamos com um amigo que conheça bem o destino, né?

Sentia falta de um guia de viagens mais pessoal, que lembrasse esse tipo de indicação feita por amigos, e daí surgiu a ideia do Insider Tips. A escolha do primeiro destino não foi por acaso. É a visão mais próxima que já tive do paraíso. Estou, inclusive, escrevendo o guia daqui rs

Sempre prefiro pousadas charmosas à resorts. Especialmente na praia, onde bangalôs rústicos e confortáveis são uma opção mais aconchegante que hotéis com muitos quartos. Sendo assim, minhas indicações de acomodações em Maraú seguem esse estilo:

Butterfly House

O hotel conta com oito vilas bem decoradas, uma piscina rodeada de palmeiras, restaurante gostoso, e jardins tropicais salpicados com redes e poltronas reclináveis de bamboo. 

O cuidado em conservar o ambiente natural reflete a personalidade de sua zelosa proprietária, Chloe Gibbs, uma ambientalista apaixonada. “Durante a construção, todas as precauções foram tomadas para não afetar o meio ambiente local, nada foi prejudicado de forma alguma. Por isso levamos 10 anos construindo…” – ela ri.

Casa dos Arandis

É um pequeno complexo composto por uma casa de hóspedes em alvenaria, uma casa principal e três bangalôs, construídos de forma sustentável em madeiras e telhados de demolição, unindo rusticidade com extremo conforto e modernidade. 

Fora essas, que são minhas opções preferidas, fiz uma seleção de hospedagens separadas por estilo, para que ninguém fique desamparado:

Opção Chic

Kiaroa – é mais resort do que hotel ou pousada. Bem luxuoso, mas menos low profile do que Arandis e Butterfly. 

Opção Cool

Peninsula Beach Club – Menos charme, e uma pegada mais “hotel”, com vários quartos. Trata-se do único lugar da Península a servir chope, e tem uma piscina badalada. Uma boa opção para jovens, já que fica entre a praia de Algodões e Barra Grande. 

Opção Hippie 

Casa del Mar – acomodação simples, com atendimento bem caloroso dos donos da pousada.

Vale à pena pedir para eles cozinharem uma Paella e degustar no pergolado da pousada, numa noite de lua cheia.

Tikal Praia Bar - Fica na Praia de Algodões, funciona na alta temporada (do reveillon ao final do carnaval) e tem um dos melhores cardápios da Península, com música boa, visual maravilhoso e atendimento amistoso. 

Pizzaria do Ruy é uma opção simples, mas charmosa, em Saquaíra. A entrada do restaurante já chama atenção por ser um tronco de árvore. Fica na BR, mas, uma vez lá dentro, nem parece que se está na estrada. Restaurante rústico, mesas de madeira, chão de areia… 

Em Barra Grande, a aposta é o Bar da Rô, conhecido pelas caipis deliciosas de frutas exóticas. Tem um cardápio bom, mas o preço é salgado e o atendimento na semana de Reveillon pode te fazer desistir de almoçar lá (aconteceu comigo!). Vale a visita fora dos momentos de pico.

Tikal - é lá que acontecem as melhores sunset parties, e também a festa de reveillon mais disputada.

Morro do Celular ou Ponta do Mutá. Os dois visuais mais incríveis que você vai ver por lá!

Para quem não vai de carro, vale à pena contratar uma boa empresa de transporte durante a estadia. Apesar de nunca ter usado o serviço, peguei indicação de duas empresas para vocês:

Taxi Jonga
Barra Grande – Península de Marau
Contato: Jonga. 
Tel: 73 – 9982 4320 / 73 – 8125 3448. 
e-mail: jongataxi@yahoo.com.br

Gildmar Taxi
Barra Grande – Península de Marau 
Contato: Gildmar ou Maritelma. 
Tel: 73 – 3258 6371 / 73 – 9911 7710 / 73 – 99725972. 
e-mail: gildecobarra@hotmail.com

A ideia desta tag é indicar os melhores salões ou manicures locais, mas minha indicação é que você vá de unhas feitas, e aposente as maquiagens por uns dias. No máximo, um “up” básico de corretivo, rímel e blush. Mais que isso, é desencessário e over.

E se algum programa que tinha planejado furar? A estrada da península não é maravilhosa. Apesar de ser BR (e de pagarmos IPVA), não é asfaltada e, principalmente na época de chuva, fica bem complicada. Por isso, é complicado ficar “rodando” de um lado para o outro sem ter um plano, ou um destino certo. Mas, se tudo der errado, o Bar do Alemão (em frente a pousada Aycha, em Algodões) tem cerveja SUPER gelada e uma tortilla deliciosa. Simples, mas vale a parada.

Esta não é a primeira vez que falo de Maraú. Clique aqui para ver todos os posts que já fiz sobre lá.

Quais outros lugares vocês gostariam de ver no próximo Insider Tips?

UNITY7 por Carol Rache – Lookbook

Como já havia dito aqui, sempre tive vontade de criar e customizar roupas, então fiquei muito feliz ao receber o convite da UNITY7 para desenvolver uma coleção com a minha cara. O resultado ficou incrível e eu não poderia deixar de mostrar pra vocês as fotos que fiz para a marca, em Tulum. 

Clique nas fotos para comprar cada look:

 

Todas as peças estão disponíveis no site da marca.

www.unity7.com.br

Tulum

Na semana passada, estive em Tulum, no México, para fazer umas fotos de uma marca nova, que em breve vou contar por aqui. Aproveitei para estender um pouquinho e tirar uns dias para descansar. O lugar é lindo, e o mar nessa época do ano fica especialmente verde e translúcido. Uma das paisagens mais lindas que já vi. Recomendo para quem quer descansar, para casais em lua de mel e até para levar crianças, já que as águas são super calmas e transparentes, e a região é bem sossegada.

Algumas pessoas que me pediram dicas, então elaborei um roteiro com algumas:

A primeira é levar dinheiro, em espécie, pois os restaurantes não aceitam cartão de crédito e isso pode complicar a vida de quem, como eu, sempre conta com seu MasterCard. Não menos importante, é a sugestão de alugar um carro. A parte “trendy” de Tulum se resume, basicamente, a uma praia e uma rua. Porém, a caminhada da pousada até um restaurante mais afastado pode levar até 50 minutos, o que fica um pouco complicado a noite, já que a estradinha não tem iluminação e inviável de dia, dependendo da intensidade do sol (la é muuuito quente nessa época do ano).

Hotéis:

Escolhi o Be Tulum, mas fiquei bem dividida entre ele e o Coqui Coqui, que são considerados os melhores. Não me arrependi da escolha, porque além dos quartos e serviços do hotel serem muito bons, o Be Tulum ainda tem um restaurante na praia, com programações diárias de músicas, luais, Djs e etc. A parte de praia do Coqui Coqui não é tão completa. No entanto, os quartos são lindos e na próxima visita a Tulum (sim, já estou pensando em voltar!) vou querer me hospedar lá para conhecer.

Be Tulum HotelBe Tulum HotelCoqui Coqui Tulum Mexico

Restaurantes:

Os restaurantes abrem por volta de 18hs, e a cozinha costuma fechar bem cedo. Não aceitam reserva e, dependendo do horário, prepare-se para esperar. A dica é sair para jantar cedo!

Casa Banana: Na minha opinião, o melhor restaurante de Tulum. Cardápio de drinks deliciosos, múscia boa e animada, serviço ótimo e comida muito gostosoa. Uma pena ter ido lá na última noite, caso contrário teria repetido. www.casabananatulum.comCasa Banana Tulum

Hartwood: Lugar rústico, charmoso, de luz baixa, com um menu reduzido mas muito bem preparado. Super agradável, mas costuma ficar bastante cheio! www.hartwoodtulum.comHartwood Tulum

Posada Margherita: O restaurante da pousada é uma casa de massas, quase na beira da praia. Massas frescas e deliciosas, mas pratos enormes (nunca vi um prato de tagliatelle tão grande na vida!). www.posadamargherita.com

Simple: O Simple é um restaurante especializado em frutos do mar, apesar de também servir carne. O melhor de lá são as pescas frescas, então não invente muita moda: escolha o peixe do dia e um bom acompanhamento para ser feliz!

Passeios:

Mergulho: Fizemos o mergulho nos cenotes mas, para ser muito honesta, não amei. Não dá para negar que é lindo, mas achei repetitivo para tanto tempo de passeio, já que o fundo das grutas é praticamente igual o tempo todo, e não tem muita vida. Se estiver com bastante tempo, é legal fazer. Mas não crie tanta expectativa quanto prometem os guias.

Caraiva e Trancoso

Como vocês devem ter visto no instagram, tirei os últimos dias para descansar, e por isso me desconectei um pouquinho daqui. A idéia era aproveitar momentos em família, por isso, para não cair em tentação, esqueci o laptop pra trás, e mantive contato com a civilização apenas pelo Iphone. Voltei relaxada, renovada e leve!

Em tempo, peço desculpas pelo “abandono”, e aproveito para contar um pouquinho sobre a viagem.

Caraiva:

Escolhi um destino rústico, charmoso e bem distante da civilização urbana. Para quem não conhece, Caraiva é um vilarejo escondido em uma península no sul da Bahia, onde carros não entram, a energia elétrica é escassa e o ritmo de vida é bem diferente do que estamos acostumados. O meio de transporte mais moderno por lá são as carroças, que, por sinal, os pequenos adoraram! A interação das pessoas entre sí e com a natureza são a maior preciosidade dessa terra linda, que, de brinde, ainda oferece uma paisagem encantadora e serena, onde Mar e Rio se encontram. Wifi por ali é coisa rara, e sinal de telefone só com muita sorte. Lugar perfeito para relaxar e desconectar!

Caraiva CarroçaBarra do Rio Caraiva

Bar do Porto:

Uma Pizzaria super charmosa, com atendimento gentil, musica boa e sabores deliciosos. Para mim, um dos lugares mais agradáveis para sentar e curtir a noite “caraivana”.

Cachaçaria:

Uma ótima opção para jantar, com massas e sanduíches deliciosos. O frozen de Busca Vida servido pela casa é famoso, mas só servido no verão. Na falta dele, aproveite para degustar o Netuno, uma bebida típica da região.

Boteco do Pará:

Melhor almoço de Caraíva. Lugar agradável, com árvores e mesas de madeira na beira do rio. Um cardápio tentador de pastéis – o mais famoso é o de Arraia! -, e ótimas opções de pratos com frutos do amor. Provei o arroz de Polvo e estou com água na boca até hoje!  Para ver o site, cliquei aqui.

Boteco do Pará

Duca:

A Duca serve, há anos, o melhor café da manhã da vila. Geléias caseiras, pães integrais, sucos e várias delícias orgânicas. E é ali também que se encontra a famosa “Nega Maluca”, uma receita secreta que combina brigadeiro, mousse de chocolate e banana. Mas, aos amantes de doce, sugiro agilidade: o estoque costuma esgotar antes do fim da tarde!

Praia do Espelho:

A Praia do Espelho fica entre os povoados de Trancoso e Caraíva e é famosa por ser uma das mais bonitas do Brasil. Por lá, a melhor opção de programa é sentar no Baiano para relaxar, apreciar petiscos e ver um pouquinho de movimento (se quiser evitar o enxame de excursões, prefira ir na baixa temporada) e depois almoçar na Silvinha, que tem um pequeno restaurante maravilhoso e super agradável numa região mais deserta, que fica entre o mangue a praia. 

* Para almoçar na Silvinha, deve-se reservar antes por telefone: (73) 9191-5183

Fizemos o trajeto de lancha (15 min para ir, e mais 15 para voltar) e passamos uma tarde super agradável.

Silvinha Espelho Restaurante

Trancoso:

No Domingo, Caraiva amanheceu debaixo de chuva e o quarto da nossa pousada com várias goteiras, então resolvemos migrar para Trancoso. Escolhemos a Pousada Estrela D’água, que fica na beira da praia e tem uma estrutura super completa, além de um atendimento maravilhoso. Passamos duas noites lá, e nem conseguimos subir para passear no quadrado, tamanha satisfação com as acomodações. Recomendo muito!

 

São Miguel Dos Milagres

Resolvi desconectar por uns dias, e tirar um tempo para fazer nada, além de descansar e curtir meus filhos. Pensei em vários lugares, pesquisei, perguntei e, por fim, depois de muita busca, acabei escolhendo São Miguel dos Milagres, que fica há pouco mais de uma hora de Maceió. Muitas pessoas me alertaram ao fato de o lugar não ter uma estrutura muito montada para crianças. Isso é, o lugar não tem parques, toboáguas e nem milhares de crianças correndo pelos arredores. Mas tem uma praia linda, sossegada, com um mar verde, quente e tão calmo que mais parece uma jacuzi. Confesso que a grande maioria dos nossos vizinhos de hospedagem na Pousada do Toque eram adultos, mas tanto os hóspedes quanto o staff da pousada foram super hospitaleiros com a gente.

A pousada fica a beira mar, e é, ao mesmo tempo, super rústica e confortável. Acomodações cheias de charme, com lençóis maravilhosos, ar condicionado, televisão e, em alguns casos, até piscina privativa. Impossível não se sentir em casa. A culinária da pousada também não deixa a desejar, e entre os drinks da piscina, a caipi JR merece destaque.

Fizemos o passeio para ver a reserva de Peixe Boi e apesar do peixe não aparecer tanto assim, a trilha do caminho é linda e o mangue do passeio também. Adoramos!

Para o jantar, uma boa pedida é o Restaurante no Quintal, um espaço encantador, com ambiente maravilhoso, horta local, e um cardápio enxuto porém muito bem executado. Surpreendente. Vale a pena conhecer! 

Para quem procura um refúgio de calmaria, charme, conforto e paisagem maravilhosa, São Miguel dos Milagres é o lugar certo. Recomendo muito!

São Miguel dos Milagres

Praia do Toque

Carol Rache São Miguel dos Milagres

Pousada do Toque

A Capi JR:Caipi JR

Restaurante No Quintal:Restaurante No Quintal

Carol Rache Yoga

Carol Rache Passeio Alagoas

 Trilha para a reserva do Peixe Boi:Antonio e Netos